top of page

FORD F5 1948/50



A linha de pick-ups e caminhões da Ford produzidos a partir de 1948 representava a primeira inovação da marca na linha de veículos após a Segunda Guerra Mundial. Foi a introdução da Série F, que marcou a divergência no design de carros e caminhões do fabricante, desenvolvendo um chassi projetado especificamente para uso em caminhões. Ao lado das picapes, a linha de modelos incluiu também furgões, chassis simples e com capô, e marcou a entrada da Ford no segmento de caminhões médios e pesados.



A Ford foi a única empresa a oferecer motores V8 para picapes e caminhões de serviço médio até 1954 e investiu um milhão de dólares em pesquisa e ferramentas para a nova cabine apelidada de "cabine de um milhão de dólares". Em comparação com o modelo anterior de caminhões Ford, a nova cabine era 7 polegadas mais larga e fornecia espaço extra, além de diversas outras inovações.

A linha F compreendia os modelos F1, F2, F3, F4, F5, F7 e F8, sendo que F1 era a pick-up de ½ tonelada e o tamanho e potência iam aumentando até os caminhões pesados F8, também chamados de “Big Job”, ou “trabalho pesado” em português.




Sobre a miniatura, essa foi a primeira customização de caminhão que fiz a partir de uma cabine de pick-up.

Utilizei a cabine da pick-up Ford F1 1948 da Yat Ming (atual Road Signature) e o chassis e carroceria do caminhão Ford BB157 1934 da Unique Repliques.

Foi uma transformação relativamente simples, já que as peças de ambas as miniaturas encaixaram sem a necessidade de transformações muito grandes.



O mais complicado foi o fato de que na pick-up a cabine e carroceria são moldadas em uma única peça, então precisei serrar o modelo para separar as partes e depois fechar o buraco que ficou na parte de trás da cabine com um pedaço de plástico. Por sorte um spray da Colorgin tem exatamente a mesma tonalidade de vermelho que a miniatura pick-up, de forma que consegui pintar apenas a parte de plástico, sem a necessidade de repintar toda a cabine. E como essa parte fica escondida pela carroceria não teve problema algum.


Além disso pintei o interior da cabine da F1 e dei uma melhorada no detalhamento, acrescentando vidros nos quebra-vento (não existem no modelo Yat Ming), algumas melhoras nos frisos laterais, etc. Interessante que a grade dianteira dessa miniatura não é vazada. Porém existe até um radiador reproduzido na parte interna. Basta remover a grade e lixá-la por trás para torna-la vazada e melhorar muito o visual.


A miniatura do caminhão 1936 utilizada para o restante da miniatura é algo que me agrada, pois era à época (2017) muito barata, mas com uma quantidade muito boa de detalhes. Inclusive tem suspensão com molas e um motor bem detalhado. Isso agregou detalhes interessantes para a miniatura.


Na carroceria, bem de estilo americano, eu apenas cortei a parte superior, removendo algumas “tábuas” e deixando com o estilo mais comum no Brasil, ou seja, com as laterais baixas. Pintei com o mesmo spray Colorgin, assim como as rodas e fiz algumas adaptações finais no chassi para encaixar tudo.



67 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Ford F-4000

Comments


bottom of page