top of page

FORD F6 1948/50 COCA-COLA



A linha de pick-ups e caminhões da Ford produzidos a partir de 1948 representava a primeira inovação da marca na linha de veículos após a Segunda Guerra Mundial. Foi a introdução da Série F, que marcou a divergência no design de carros e caminhões do fabricante, desenvolvendo um chassi projetado especificamente para uso em caminhões. Ao lado das picapes, a linha de modelos incluiu também furgões, chassis simples e com capô, e marcou a entrada da Ford no segmento de caminhões médios e pesados.

A Ford foi a única empresa a oferecer motores V8 para picapes e caminhões de serviço médio até 1954 e investiu um milhão de dólares em pesquisa e ferramentas para a nova cabine apelidada de "cabine de um milhão de dólares". Em comparação com o modelo anterior de caminhões Ford, a nova cabine era 7 polegadas mais larga e fornecia espaço extra, além de diversas outras inovações.


A linha F compreendia os modelos F1, F2, F3, F4, F5, F7 e F8, sendo que F1 eram baseados na pick-up de ½ tonelada e o tamanho e potência iam aumentando até os caminhões pesados F8, também chamados de “Big Job”, ou “trabalho pesado” em português.

Sobre a miniatura: a ideia de fazer essa miniatura surgiu quando vi um caminhão da coleção espanhola de veículos de serviço (IXO). Trata-se de um Ebro 1962 da Coca-Cola. O tal Ebro não significava muita coisa pra mim, visto ser um caminhão espanhol, estranho à realidade brasileira, nem sequer sou algum fã de Coca-Cola, porém fiquei encantado com a carroceria carregada com engradados com garrafas muito bem reproduzidos e perfeita para se fazer uma bela miniatura de caminhão brasileiro dos anos 50/60.



De cara visualizei que um Ford 1948/50 ficaria excelente nessa configuração. Eu já havia feito um Ford F5 a partir da cabine da pick-up F1 1948 Yat Ming, então era só conseguir o tal Ebro.

Alguma espera até surgir um com preço bom no eBay, comprei e aguardei ansiosamente que chegasse. Quando chegou já foi desmontado no mesmo dia.

O trabalho nessa miniatura consistiu em serrar a cabine da pick-up e fechar o buraco que ficou na parte de trás, repetição do trabalho que eu já havia feito na miniatura do F5 já citada. Fora isso foi repintar a cabine, originalmente vermelha, de amarelo.





Um problema que eu não tinha previsto foi que o chassi do Ebro era muito curto para a cabine do Ford. Isso deu bastante trabalho, pois foi necessário serrar o mesmo e fazer uma emenda com bastante reforço para que não quebrasse, visto que o metal usado em diecast não aceita solda ou muitos tipos de cola.




O amarelo é da Colorgin, retirado do spray, misturado com um pouco de branco e aplicado com aerógrafo para coincidir com a tonalidade da carroceria.

A carroceira não foi repintada, a única modificação necessária foi na parte de cima, onde o slogan “Beba Coca-Cola bien fria” teve que ser substituído por ““Beba Coca-Cola bem gelada”. Isso foi feito com um adesivo que eu mesmo produzi. Por sorte na traseira as palavras “deliciosa” e “refrescante” são iguais em espanhol e português, dispensando qualquer intervenção.




Esse caminhão tanto poderia ser um modelo F5 quanto um F6, já que ambos são externamente iguais, mas pelo tamanho da carroceria acho que seria um F6 na “vida real”.

83 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Ford F-4000

Comments


bottom of page