top of page
  • Foto do escritorDaluco

VW Brasilia 4 portas

Atualizado: 23 de dez. de 2023

VW Brasilia 4 portas 1979





Fruto do talento de Márcio Piancastelli e José V. Martins, a Brasília foi o primeiro Volkswagen, de grande produção, desenvolvido no Brasil. Apresentada em 1973, buscava modernizar o tradicionalíssimo Fusca, cujo design remontava a década de 1930, mantendo a base mecânica comprovada. Fabricada entre junho de 1973 e março de 1982, se tornou um sucesso de vendas, com mais de um milhão de unidades fabricadas. Inclusive, foi exportada para países como Nigéria (sob o nome de VW Igala), Filipinas, Kuwait, além de alguns vizinhos da América do Sul.


Mesmo com toda popularidade, uma versão se destaca como genuína “mosca branca” chamando sempre atenção dos entusiastas: a Brasília quatro portas.

Calcula-se que foram comercializadas no Brasil por volta de 2000 unidades, das quais apenas 100 seriam da luxuosa versão LS. Elas possuem identificação própria no chassi começando pela sigla BQ (as 2 portas começam por BA ou BX).


Embora a VW tenha lançado a Brasília 4 portas no XI Salão do Automóvel em novembro de 1978 — como modelo 1979 — ela não era nenhuma novidade, já que vinha sendo fabricada aqui no Brasil desde setembro de 1975, para exportação, e dividia alguns mercados internacionais com o modelo 2 portas. O motivo de tanta demora foi a forte rejeição dos consumidores brasileiros pelos carros quatro portas, em favor dos modelos de duas portas, vistos como mais bonitos e duráveis, de acordo com o gosto da época.


Em paralelo, no final da década de 1970, o mercado dos táxis e das frotas públicas no Brasil sentia falta de um carro 4 portas compacto e econômico. Muitos motoristas, que usavam o Fusca como táxi, chegavam a retirar o banco do carona para facilitar o acesso ao banco traseiro do “Besouro”.

*Fonte: site Maxicar.com.br













94 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page