top of page
  • Foto do escritorDaluco

VW Kombi 1957-59

Atualizado: 28 de mar. de 2022


Já faz um bom tempo que a VW Kombi da CIB como sendo de 1957 me incomodava, ela me parecia desproporcional e mal feita. Quando a coleção VW da Alemanha lançou seu modelo 1956, foi paixão a primeira vista, mas com o cambio desfavorável e tendo outras prioridades fui deixando de lado. Recentemente apareceu no Ebay uma proposta irresistível, menos de 10 euros mais frete de 15... e ela veio, até que bem rápido, 29 dias. Um parenteses, aprendi com o tempo que a melhor forma de não ser taxado na importação e receber mais rápido é pedir um ou no máximo dois produtos por vez.


Antes de colocar um ao lado do outro, ainda tinha esperança de aproveitar a mini da CIB para fazer uma kombi furgão, minimizando os erros gritantes nas janelas laterais, mas por qualquer ângulo que eu faça uma comparação entre os dois carros, chego a mesma conclusão: o da CIB é muito, muito, muito ruim mesmo! Fora de escala, largo demais, janelas achatadas e faltando a divisão nos vidros das portas dianteiras, sem falar que ainda por cima veio com parachoques que julgo errados para o modelo e a época.

Como podemos ver nos anúncios abaixo, as kombis já apareciam com frequência por nossas terras desde o início da década de 1950, importadas mas sempre com parachoques simples, sem o poleiro de pomba.


Três propagandas de 1951 mostrando os modelos furgão e quatro janelas.


Encontrei também uma matéria esclarecedora na Automóveis & Acessórios de dezembro/1957 contando que a "vagoneta" já era 54,5% nacionalizada. Uma das fotos da matéria mostra uma série de kombis sendo montadas e já com o parachoque dianteiro fixado, sem o poleiro de pomba.




1960 mostrando os modelos Luxo e Standard

Só fui encontrar alguma referência ao tal parachoque nas propagandas de 1960 para cima, onde aparecem dois modelos, um normal com parachoque simples e outro de luxo com o poleiro de pomba e lindos frisos dividindo a pintura saia e blusa. (Propaganda ao lado)


Depois dessa pesquisa ficou claro para mim que o modelo alemão, sem poleiro de pomba nem friso, atendia tranquilamente o nosso modelo standard que teve sua nacionalização iniciada em 1957.


Da miniatura da CIB só me resta aproveitar as rodas e pneus, faróis e espelho... o resto vai pro lixo.










p.s. Mais uma comprovação da minha tese sobre os parachoques: Folheto da Marcas Famosas S.A. de Santo Amaro - SP.



109 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page